E viveram felizes para sempre

terça-feira, agosto 11, 2020

Série os Bridgertons vol.9
Julia Quinn  


Confesso que eu fiquei super ansiosa no inicio sobre a compra deste livro, nunca tinha visto alguém falar sobre  um autor que fizesse uma continuação da história.
Eu não fiquei totalmente satisfeita com enredo, eu esperava um pouco mais de ousadia da autora.

Sobre cada segundo epílogo

O Duque e Eu
Este eu não gostei, achei iria falar um pouco sobre o nascimento do primeiro filho deles, afinal, Simon tinha muito medo  de que os (as) filhos(as) que tivesse teria o mesmo problema que ele teve na fala. Até mesmo achei que deveria ter sido tratado um pouco sobre a dificuldade dele em ler as cartas do pai dele.

O Visconde que me Amava
Eu gostei um pouco mais, afinal, Kate e Antony eram o tipo de casal que não caiam na rotina, sempre disputavam entre si sem deixar de se amarem. O jogo de Pall Mall dos Bridgertons é o tipo de jogo “sangrento”, só entrava no jogo quem realmente não tinha medo de jogar sujo. Mais Também achei que poderia ter dado uma ênfase na superação do “medo” de Antony. 

Um perfeito Cavalheiro
Esse eu amei o livro original, mais o segundo epílogo deixou a muito a desejar ( para mim), falou muito sobre a vontade de Sophie em arrumar um bom marido para Posy, sei que ela merecia um final feliz por ter “salvado” a pele de Sophie, mais eu achei que poderia ter sido falado sobre a vida deles de casados ( Benedict e Sophie).

Os segredos de Colin Bridgerton
Outro segundo epílogo que também não gostei muito, foi muito falado do medo de Penélope em contar sobre seu grande segredo para Eloise, e de como foi o casamento de Eloise e Philip. Achei muito dramático as situações nesse segundo epílogo. Poderia ter focado mais em como foi a vida de Penelope e Colin depois que a sociedade londrina descobriu seu grande segredo.

Para Sir Philip, com Amor
Esse eu gostei, realmente foi um segundo epílogo que fez muito sentido. Mostrar o crescimento dos gêmeos e o amor de Eloise com eles, mesmo depois dela ter tido seus filhos biológicos não deixou de ama-los.

Um Conde Enfeitiçado
Outro segundo epilogo que também gostei, um pouco choroso, mais muito emocionante. Francesca conseguiu realizar o sonho dela de ser mãe e também superou a perca do primeiro marido. Aprendeu a amar de novo e viveu bem em família.

Um Beijo Inesquecível
Como não gostar de Hyacint, sempre surpreendendo a todos com seu gênio forte. Mesmo que demorou tantos anos para encontrar as jóias, acabou encontrando-as, acho que poderia ter sido encontrada bem antes, mais mesmo assim foi encantadora a persistência dela em buscar o que tanto queria.

A Caminho do Altar
Não gostei muito do segundo epilogo, achei muito dramático.

O florescer de Violet
Ameiiiiiiiiiiii!!!
aber a história de Violet e de Edmund foi simplesmente perfeito. Poder imagina-los quando crianças, aterrorizando a vida um do outro, a forma linda como se apaixonaram, a devoção um para com o outro é inspiradora. Violet, mesmo depois de perde-lo ela conseguiu cuidar dos filhos, tornando-os homens  e mulheres respeitáveis. Simplesmente perfeito! 

Este é a minha opinião sobre o segundo epílogo. Não estou dizendo que eu faria melhor, apenas achei que a autora poderia ter explorado um pouco mais sobre a história de cada um dos Bridgertons e de suas conquistas após o matrimônio. Cada um dos Bridgertons e seus cônjuges tinham algo para superar e alguns tiveram sua superação retratada no primeiro epílogo, outros no segundo. Por isso achei que poderia ter sido explorado um pouco mais.
De qualquer forma, parabéns a autora pelo excelente trabalho e afirmo que estou ansiosa para a estréia da série na Netflix.

Abs

You Might Also Like

0 Comments