Tipos de colorações capilares existentes

segunda-feira, agosto 17, 2020


O cabelo é algo de extrema importância na vida do ser humano, sempre estamos em busca de formas que podemos melhorar algo na nossa aparência.

O cabelo possui diversos benefícios na vida do ser humano, um desses benefícios é que o cabelo protege a cabeça dos raios solares, fazendo assim com que o nosso couro cabeludo não sofra muito com a temperatura do sol sobre ele.
A melanina é responsável pela cor, ou seja, é ela quem pigmenta não só a nossa pele, como também os nossos cabelos. Existem diversos tons de cabelo, indo do tom mais escuro de preto ao loiro mais claro. O cabelo preto possui em média 99% de eumelanina (vermelho escuro a preto) e 01% de feumelanina (tons mais claros). Os cabelos castanhos e loiros possuem 95% de eumelanina e 5% de feumelanina. Os cabelos ruivos possuem 67% de eumelanina e 33% de feumelanina.
Cuidar dos cabelos é algo satisfatório, eleva a autoestima da pessoa, principalmente das mulheres que sempre querem algo diferente. A cor dos cabelos é uma das formas de mudanças na aparência. Com isso, em média 40% das mulheres tingem os cabelos regularmente, seja para matizar ( manter a cor) ou pinta-los ( escurecer ou clarear).
Com o tempo, as colorações se desenvolveram e tiveram mais funcionalidades, podendo ser de forma gradual, temporária, semipermanente e permanente.
O sistema de coloração capilar pode ser dividido em 03 categorias principais: temporária, semi permanente e permanente.
A TEMPORÁRIA é para manutenção da cor (age como um corante superficial). Podendo ser em forma de shampoo, gel, emulsão e solução (líquida). Essa é muito usada por quem pinta o cabelo com cores coloridas e não querem matizar com frequência. Muitos (as) usam o shampoo com o corante no tom do cabelo todas as vezes que for lava-los. Algumas pessoas também usam como forma de tentar clarear ou escurecer um pouco o cabelo de forma menos agressiva, ou seja, usam o shampoo para clarear os cabelos sem pinta-los. Porém neste último caso, não se obtém um resultado muito satisfatório (o processo é de forma lenta, quase nula).
A SEMIPERMANENTE pode resistir até 06 lavagens (age como um corante que penetra um pouco mais nos fios do cabelo) dando assim um pouco mais de durabilidade da cor nos fios. Esta geralmente são as máscaras matizadoras. Algumas pessoas usam uma vez por semana, de 15 em 15 dias, ou até mesmo 01 vez por mês. Em alguns casos, assim como na temporária, também é usada como forma de clarear o cabelo sem pinta-lo.
A PERMANENTE tem maior durabilidade, cobre 100% dos fios brancos, escurece ou clareia a cor natural dos cabelos. Resiste a água, precisando de retoques na raiz para cobrir a cor do cabelo que nasceu. Em alguns casos, é preciso várias sessões para chegar na cor desejada.
Muitos cuidados devem ser obtidos antes de escolherem o método de clareamento, principalmente as pessoas que possuem algum tipo de doença ou até mesmo gestantes e lactantes, pois a maioria dos pigmentos de coloração possuem chumbo que podem ser mutagênicos ou carcinogênicos, podendo trazer assim intoxicação para a pessoa que está pintando os cabelos.
O cabelo para ser pintado deve ser avaliado antes do processo, fazer o teste de mecha para saber se o mesmo está em condições de passar por este processo.  O cabelo que nunca passou por procedimento químico não sofre alterações em sua estrutura, porém os que já passaram por procedimentos químicos sofreram alterações. Podem ficar elásticos, quebradiços e mais uma série de problemas que podem aparecer após a coloração. Por isso, é importante estudar todo o cabelo antes de fazer o procedimento.  Caso o cabelo tiver passado por algum tipo de alisamento, é importante saber qual foi o produto utilizado no processo e seus ingredientes, pois muitos desses ingredientes de alisamentos não combinam os de coloração.
Assim, da mesma forma que é preciso de uma série de cuidados antes da coloração, os cuidados devem ser redobrados após o procedimento, pois muitos cabelos podem enfraquecer quebrarem.

E você, costuma pintar os seus cabelos?
Quais cuidados você tem com eles para que fiquem saudáveis?

Fonte de pesquisa
https://docplayer.com.br/23541456-Coloracao-capilar-os-efeitos-das-tinturas-na-saude-e-na-fibra-capilar.html

Abraços





You Might Also Like

0 Comments